Cursos de Graduação

Imagem Ilustrativa do Curso

Ciências Contábeis


A contabilidade é uma das ciências mais antigas do mundo. Existem diversos registros que as civilizações antigas já possuíam um esboço de técnicas contábeis. Em termos de registro histórico é importante destacar a obra Summa de Arithmetica, Geometrica, Proportioni et Proportionalita, do Frei Pacioli, publicado em Veneza em 1494 (pouco depois da invenção da imprensa e um dos primeiros impressos no mundo).

Esta obra descreve, em um dos seus capítulos, um método empregado por mercadores de Veneza no controle de suas operações, posteriormente denominado método das partidas dobradas ou método de Veneza. Nos séculos seguintes ao livro de Pacioli a contabilidade expandiu sua utilização para instituições como a Igreja e o Estado e foi um importante instrumento no desenvolvimento do capitalismo, conforme opinião de importantes estudiosos como o sociólogo Max Weber. No entanto as técnicas e as informações ficavam restritas ao dono do empreendimento, pois os livros contábeis eram considerados sigilosos. Isto limitou consideravelmente o desenvolvimento da ciência uma vez que não existia troca de idéias entre os profissionais. Mais recentemente, com o desenvolvimento do mercado acionário e o fortalecimento da sociedade anônima como forma de sociedade comercial, a contabilidade passou a ser considerada também como um importante instrumento para a sociedade. Diz-se que o usuário das informações contábeis já não é mais somente o proprietário; outros usuários hoje também possuem interesse em saber sobre uma empresa: sindicatos, governo, fisco, investidores, credores etc.

A Contabilidade no seu sentido mais amplo é uma Ciência Social com plena fundamentação epistemológica, cujo objeto é o Patrimônio das Entidades.

Ela consiste em conhecimentos obtidos por metodologia racional, com as condições de generalidade, certeza e busca das causas, em nível qualitativo semelhante às demais ciências sociais.

Tal como as demais ciências sociais, está vinculada às mudanças e suscetível às influências das poderosas forças econômicas e tecnológicas que estão direcionando as mudanças em benefício das necessidades da sociedade. Os Cursos de Ciências Contábeis foram criados para responder a essas carências. É a consolidação do compromisso social entre Instituições de Educação Superior e Nação; é uma ação política que demonstra compreensão do tempo presente.

Se no passado, o profissional formado em ciências contábeis tinha a função de fazer os registros contábeis de uma empresa, a partir de 2008, ele ganhou mais importância e passou também a auxiliar o gestor na tomada de decisões. Detentor das informações contábeis da empresa, o trabalho deste profissional não está mais restrito às análises financeiras ou elaboração de relatórios.

Para seguir carreira, é fundamental ter afinidade com os números, segundo especialistas, já que o curso de graduação é voltado para a avaliação financeira e todas as análises envolvem números e fluxos de caixa. Mas ficar apenas no ensino superior é um erro que pode custar a evolução na carreira.

Quem se forma em ciências contábeis pode trabalhar com recursos humanos, na área tributária de empresas, gerência financeira, auditoria, perícia contábil ou judicial. Também pode atuar em escritórios ou abrir sua própria empresa. As micro e pequenas empresas costumam terceirizar o serviço contábil, enquanto as maiores têm suas próprias equipes.

Para assinar balanços contábeis e desempenhar as funções do contador, após concluir o curso de graduação o profissional precisa se submeter ao exame de suficiência aplicado pelo Conselho Federal de Contabilidade que confere o registro. A medida foi estabelecida no ano passado, pela lei 12.249/2010. É como se fosse o exame da Ordem de Advogados (OAB) aplicado aos bacharéis em direito. Assim como ocorre no direito, o exame da contabilidade também é bem rigoroso.

 

 

Horário de Atendimento do Coordenador:
Terça-Feira das 21:05h às 22:45h,
Quarta-Feira das 19:15h às 20:55h;

 

Contato: coord.contabeis@unilago.edu.br

 

Ato Regulatório: Portaria de Autorização DOU n° 197, 4 de Outubro de 2012

Duração:8 semestres

Período:Diurno e Noturno

Coordenador do Curso: Ermerson Rogerio de Souza

vagas: 200

Habilitação: Bacharelado

conteudo auxiliar