Notícias

Maior erro da imprensa no Brasil é tema de bate papo na Unilago com Ricardo Shimada – filho dos donos da Escola Base

21/09/2017 - 09:57

Foto: Arte: Natália Moutinho

Um silêncio quebrado, a conclusão de uma história e a versão de um personagem pouco conhecido e que viveu todo horror do maior caso de erro da imprensa já registrado no Brasil – a Escola Base.

Na próxima quarta-feira, dia 27 de setembro, Ricardo Shimada, filho do casal Icushiro e Maria Shimada, proprietários da Escola Base, estará na Unilago para um bate papo com alunos do curso de jornalismo na sala de audiovisual, a partir das 19hr30. Esta será a primeira vez que Ricardo fala ao público sua versão sobre a história.

Escola Base foi uma escola particular localizada no bairro da Aclimação em São Paulo, onde em março de 1994, seus proprietários, pais de Ricardo, a professora Paula Milhim Alvarenga e o seu esposo e motorista Maurício Monteiro de Alvarenga foram injustamente acusados pela imprensa de abuso sexual contra alguns alunos de quatro anos da escola. Em consequência da revolta da opinião pública, a escola foi obrigada a encerrar suas atividades logo em seguida.

O chamado Caso Escola Base envolve o conjunto de acontecimentos ligados a essa acusação, tais como a cobertura parcial por parte da imprensa e a conduta precipitada e muito questionada por parte do delegado de polícia, Edélcio Lemos, responsável pelo caso, que, supostamente, teria agido pressionado pela mídia e pelas manchetes de jornais. O caso foi arquivado pelo promotor Sérgio Peixoto Camargo por falta de provas.

Assessoria de Comunicação Unilago

conteudo auxiliar